Utilize o teclado para navegar, com Ctrl + nº da tecla

Ctrl + 1 (menu) Ctrl + 2 (conteúdo) Ctrl+ 3 (busca) Ctrl + 4 (Rodapé) Ctrl + 5 (mapa) Ctrl + 0 (acessibilidade)

A +

A -

Padrão


Original

Contraste

Notícias

Legislativo se posiciona referente a volta às aulas nas escolas


Data: 26 de abril de 2021
Crédito: Assessora de Comunicação Rita Rodrigues
Fotos: Rita Rodrigues

Legislativo se posiciona referente a volta às aulas nas escolas

Nesta segunda-feira, dia 26, ocorreu a sessão ordinária legislativa, com a presença de todos os vereadores.

Foram votados quatro pedidos de indicação, um requerimento, nove pedidos de providência, uma moção e quatro projetos de lei.

Durante as falas dos vereadores, Dudu Pellegrini (MDB) abordou sobre o início das aulas para o ensino básico, que foi vetado. Para ele, as escolas poderiam voltar neste momento, principalmente as particulares, pois estariam organizadas para cumprir os protocolos estabelecidos pelo governo.

Os demais vereadores foram contra a volta às aulas, o vereador Vagner Gonçalves (PDT) afirmou que sem a vacinação dos profissionais da educação não tem como iniciar as aulas. Ricardo Bolzan (PDT) salientou que reconhece as necessidades das famílias de deixar seus filhos nas creches, para trabalharem, mas que este não é o momento. Para ele, as aulas só podem começar após a vacinação de todos e ainda com muita precaução, pois o vírus continuará existindo e está cada vez mais forte.

O vereador Maicon Prado (PDT) trouxe a sessão às dificuldades da população em tratamento pós Covid-19, focando nas fisioterapias pulmonares. O vereador pede agilidade do executivo para que oportunize esses tratamentos. Os vereadores Ed Moraes e Charlon Muller, da bancada do MDB, sinalizaram que o executivo está planejando um centro de tratamento para reabilitação após o acometimento pela doença.

O líder do PP, Miguel Calderon, parabenizou a Secretaria de Saúde do município, por ter sido sábia ao reservar as vacinas de segunda dose, pois muitos municípios não receberam essa dosagem para cumprir o calendário. “ Muitos criticaram que o município estava estocando vacinas, mas hoje se percebe o quanto foi importante segurar a segunda dose, pois o governo federal não enviou para muitos municípios", destaca o vereador.

Em alusão ao Dia do Trabalhador, comemorado no dia 1º de maio, o vereador João Pereira (MDB) realizou uma homenagem aos profissionais da saúde, destacando a importância deles na linha de frente de combate ao Coronavírus e em especial o seu irmão, Marco Pereira, presidente do Hospital São Vicente de Paulo, que incansavelmente cumpre o seu trabalho e ressalta que mesmo após ele ter sido acometido pelo vírus, nunca hesitou em cumprir o seu papel frente ao hospital.

Abaixo os projetos de lei votados nesta segunda-feira:

PROJETO DE LEI 016/2021- De autoria do vereador Luis Carlos Coelhão (PDT) o dispõe sobre o Código de Posturas do Município de Osório.” Aprovado por unanimidade com emenda.

PROJETO DE LEI 022/2021- De autoria do vereador Luis Carlos Coelhão (PDT). O projeto dispõe sobre a obrigatoriedade de afixação, no âmbito Municipal, de avisos com o número do Disque Denúncia da Violência Contra a Mulher (Disque 180). Aprovado por unanimidade com emenda.

 PROJETO DE LEI 024/2021- De autoria do vereador Ricardo Bolzan (PDT). Dispõe sobre a criação do Programa Bueiro Inteligente. Aprovado com emenda.

PROJETO DE LEI 030/2021- De autoria do vereador Ricardo Bolzan (PDT). “Dispõe sobre o dia municipal de incentivo à Adoção no município de Osório e dá outras providências". Aprovado com emenda.

Para conhecer todos os pedidos votados nesta sessão acesse o site www.camarosorio.rs.gov.br.