Utilize o teclado para navegar, com Ctrl + nº da tecla

Ctrl + 1 (menu) Ctrl + 2 (conteúdo) Ctrl+ 3 (busca) Ctrl + 4 (Rodapé) Ctrl + 5 (mapa) Ctrl + 0 (acessibilidade)

A +

A -

Padrão


Original

Contraste

Notícias

Câmara autoriza ampliação do limite de suplementação orçamentária


Data: 4 de novembro de 2021
Crédito: Rita Rodrigues
Fotos: Rita Rodrigues

Câmara autoriza ampliação do limite de suplementação orçamentária

Nesta quarta-feira, dia 3, ocorreu a sessão ordinária da Câmara de Vereadores de Osório, com a presença dos nove vereadores, no plenário Francisco Maineri.

Foram votados cinco pedidos de indicação, uma providência e dois projetos de lei. Após a leitura do expediente iniciaram as falas dos vereadores inscritos.

Maicon Prado (PDT) iniciou discorrendo sobre a falta de atendimento nos postos de saúde e o encaminhamento desses pacientes para UPA, sobrecarregando a Unidade de Pronto Atendimento. Solicitou ao secretário de Saúde que oriente todos os postos, pois a situação da UPA está cada dia mais agravada.

O vereador Vagner Gonçalves (PDT) discorreu sobre doação de sangue realizada a um amigo e aproveitou para apelar que todos os doadores procurem o hemocentro para doação, pois os estoques de sangue estão baixos. Aproveitou para falar da necessidade de instalação de um centro de coleta de sangue em Osório, podendo atender toda a região, facilitando as doações. Também salientou sobre a liberação de eventos por parte dos governos e que a população tem a falsa sensação de normalidade, porém a COVID-19 continua acometendo pessoas e é importante que os cuidados para prevenção continuem, bem como evitar aglomerações. Também finalizou falando sobre a pintura realizada na RS 030 de Osório a Tramandaí, que solicitou anteriormente. E finalizou que aguarda a pintura do trecho Osório até Atlântida Sul.

Ed Moraes (MDB) discorreu sobre projetos de lei anteriormente aprovados no legislativo, que previam contratações de técnicos em enfermagem e enfermeiros para que os postos de saúde do município mantenham o atendimento à população. Portanto, solicita ao secretário de saúde agilidade nessas contratações, pois é uma necessidade urgente. Além disso, conforme solicitou anteriormente, lembrou da necessidade da divulgação pela Secretaria de Saúde de quais os atendimentos são de responsabilidade dos postos, quais são UPA e quais do hospital, pois a população precisa desta informação para que saibam onde se dirigir em situações de necessidades de atendimento. Também ressaltou sobre a emenda de R$3 milhões anunciada pelo deputado Federal, Alceu Moreira ao Hospital de Osório, destinada para o custeio da instituição.

Eduardo Pellegrini (MDB) retornou algumas demandas trazidas pela bancada contrária na sessão da semana passada. Explicou que se houvesse algum acidente com caminhão citado pelo vereador Maicon Prado, com certeza a responsabilidade seria da administração municipal, bem como citou o engenheiro responsável pelo laudo técnico do veículo, que autoriza este a rodar pelo município.

Julio Mirim (MDB) falou das dificuldades encontradas pelo hospital de Osório e a busca de recursos pelos gestores dessa instituição. Além de explicar sobre a importância do conselho de saúde do município, que também busca por melhorias nesta área. Ressaltou que todos os vereadores devem se unir em busca de soluções, independente do assunto e se colocou à disposição dos demais colegas do legislativo.

Luis Carlos Coelhão (PDT) discorreu sobre o Guilherme Fernandes Trisch que ganhou a copa Rio Grande do Sul Sub 23, e 5º na categoria elite de Mountain Bike e parabenizou o atleta pela excelente representação do município. Agradeceu ao secretário de saúde Danjo Renê, que sempre o atende em momentos de urgência, além de parabenizar toda a equipe da secretaria que busca sempre ajudar. Também discorreu sobre excelentes atendimentos na UPA. Citou algumas indicações para a área da saúde para melhorias em exames preventivos para as mulheres e estudo para implantação de uma farmácia popular de manipulação no município.

Miguel Calderon, líder do PP, parabenizou a administração pela excelente manutenção no cemitério Nossa Senhora da Conceição, mas solicita que seja verificada a situação do cemitério central, pois necessita de limpeza e organização no local. Discorreu sobre assembleia ocorrida no hospital de Osório na última semana e lamentou que haviam somente 12 pessoas presentes. Mas aproveitou para parabenizar o presidente da instituição pela busca de verbas junto ao poder público, para que possa ser mantido o atendimento à população. E salientou que a instituição é da comunidade de Osório e que é preciso ver o hospital com olhar de que é da população, é necessário buscar melhorias, pois há uma dívida quase impagável. Também falou sobre a volta às aulas pelo poder estadual da educação básica e diz que concorda com essa volta, mesmo que há meses tenha discordado, mas hoje percebe que há mais ganho com os alunos nas escolas do que em casa. Porém, salienta que são necessários todos os cuidados para prevenção da COVID-19 e salientou que as escolas que não estiverem aptas a receber alunos com o distanciamento necessário poderão oferecer um modelo híbrido de ensino.

Ricardo Bolzan, líder do PDT, também salientou que não concorda em obrigar os alunos a voltarem ao ensino presencial, pois não conhece a realidade de todas as escolas e se essas conseguem atender os protocolos. Mas acha importante a volta das aulas presenciais, discorrendo sobre a importância das crianças na escola. Discorreu sobre a reunião do diretório do PDT e parabenizou pela condução do presidente Vinicius Fich e salientou a presença de fundadores do partido em Osório. O vereador também falou sobre o Novembro Azul e a importância de os homens realizarem seus exames preventivos, enfatizando que isso é um ato de amor com o próximo e com os familiares que ama, pois quando a pessoa é acometida com câncer todos esses sofrem junto com paciente. Finalizou parabenizando as mulheres pelos 89 anos da conquista do voto feminino no Brasil comemorada em 3 de novembro.

Os projetos de lei aprovados nesta sessão:

PROJETO DE LEI 148/2021-  Altera o inciso I, do artigo 3º, da Lei Municipal nº 6.423, de 10 de dezembro de 2020, ampliando o limite de suplementação/redução orçamentária de 30% para 35%. Aprovado por maioria, com votos contrários da bancada do PDT.

 

PROJETO DE LEI 152/2021- De autoria do vereador Julio Mirim (MDB).  Denomina de Travessa Romilda Alina Becker localizada no Distrito de Aguapés. Aprovado por unanimidade.